top of page

Modelo de Trabalho Híbrido: Como ter sucesso na implantação

Atualizado: 19 de abr. de 2023


Modelo de trabalho híbrido

O modelo de trabalho híbrido é realidade em boa parte das empresas e trabalhadores do mundo inteiro.


De acordo com uma pesquisa desenvolvida pelo Google com parceria da IDC em 2021, foi constatado que 56% dos brasileiros já atuam no formato de trabalho híbrido e é visto de forma positiva por parte dos colaboradores que sentem entusiasmo (51%) e confiança (47%).


Junto com essa nova realidade, dúvidas, erros e aprendizados surgem naturalmente dentro das organizações e alguns pontos devem ser observados, ajustados e implantados por parte do empregador.


Nesse artigo abordaremos o que é essencial conhecer para a implantação e sucesso do modelo de trabalho remoto na empresa, seja o modelo 100% remoto (jornada integral em home office) ou trabalho híbrido (combinação do trabalho presencial com home office).

Acompanhe!


Entenda o Novo Contrato de Trabalho


Com a publicação da lei do teletrabalho alguns pontos devem ser considerados quando falamos de saúde e segurança do trabalho.


A caracterização de teletrabalho passou a ser feita da seguinte maneira:


“Considera-se teletrabalho ou trabalho remoto a prestação de serviços fora das dependências do empregador, de maneira preponderante ou não, com a utilização de tecnologias de informação e de comunicação, que, por sua natureza, não configure trabalho externo”, e não exclui os trabalhadores que compareçam de modo habitual nas dependências da empresa, sendo aplicável a qualquer escala de trabalho híbrido da mesma forma.


Infraestrutura no Modelo de Trabalho Híbrido/Remoto: Responsabilidade da Empresa ou Funcionário?


Um outro ponto que chamamos a atenção é a necessidade de constar no contrato de trabalho de todos os trabalhadores que executam o trabalho remoto e que, neste contrato de trabalho, alguns quesitos serão negociados entre trabalhador e empregador diretamente.


A jornada de trabalho agora pode ser por carga horária, produção ou tarefa, interessante ponto se levarmos em consideração os tipos diferentes de atividades que podem ser realizadas remotamente e mantendo, ou não, a necessidade de realizar o controle de ponto do trabalhador.


Como mencionamos, o fornecimento de equipamentos para a execução do trabalho continua algo que gera um certo desconforto para todos, a empresa deve ou não deve arcar com todos os custos, incluindo equipamentos, mobiliário, internet, energia elétrica?


Em nossas pesquisas encontramos diferentes pontos de vista, mas não existe unanimidade.


De forma geral, o fornecimento de infraestrutura e pagamento de despesas do teletrabalho deve constar no contrato de trabalho, abrindo a opção de ser ou não fornecido pela empresa. Para nós, o importante é que as pessoas consigam manter um bom ambiente de trabalho remoto com boas condições de equipamentos, mobiliários e que sejam bem orientadas.


Entre as responsabilidades da empresa e do trabalhador é claro o seguinte:

  • O empregador deverá instruir os empregados, de maneira expressa e ostensiva, quanto às precauções a tomar a fim de evitar doenças e acidentes de trabalho.

  • O empregado deverá assinar termo de responsabilidade comprometendo-se a seguir as instruções fornecidas pelo empregador.


Assim, é fundamental que os trabalhadores recebam orientações sobre saúde e segurança do trabalho, direcionado ao teletrabalho e deve também formalizar estas orientações com os empregados em um termo de responsabilidade se comprometendo a seguir as orientações.

Confira quais são os Treinamentos Obrigatórios


É obrigação do empregador fornecer treinamento sobre saúde e segurança no trabalho.


Dessa forma, o conteúdo desses treinamentos deve abranger, mas não somente, alguns pontos fundamentais como:

  • Ergonomia, incluindo aspectos físicos, cognitivos e organizacionais;

  • Riscos psicossociais, incluindo as relações sociais e hierárquicas, o conteúdo do trabalho e a carga de trabalho e a saúde mental;

  • Riscos presentes no ambiente doméstico, como por exemplo eletricidade e riscos de queimaduras.


Como sugestão, as empresas devem abordar estes riscos e as formas de identificação e prevenção, além de fornecer opções para realização de atividades preventivas no contexto da saúde física e mental para os trabalhadores que estão remotos.


O acompanhamento da saúde física e mental dos trabalhadores deve ser realizada de maneira mais acolhedora e sistemática do que no modelo de trabalho presencial, alguns pontos podem ser críticos para a saúde e a capacitação de lideranças para a identificação de problemas de saúde mental e física é uma estratégia para a identificação precoce e sucesso do tratamento.


Outra sugestão é o treinamento de lideranças para a identificação de sinais e sintomas de distúrbios relacionados a saúde mental como ansiedade e as melhores práticas para comunicação, delegação de atividades e em como estimular o trabalho em equipe, item este que está presente na nova redação da NR-17 – Ergonomia e é obrigatório!


Conclusão


Como você viu nesse artigo, obter sucesso na implantação do trabalho remoto, seja o modelo de trabalho híbrido ou 100% remoto, não é uma tarefa tão fácil assim.


O empregador tem a responsabilidade de alinhar as expectativas, desenvolver treinamentos obrigatórios para o equilíbrio da saúde e bem-estar do trabalhador e ajudar os trabalhadores a manterem um bom ambiente para a saúde e produtividade.


Avaliações sobre as condições de trabalho remoto também devem ser realizadas com o objetivo de identificar e controlar riscos ocupacionais e também informar o trabalhador, a NR-01 é muito clara quanto a esta necessidade, devendo constar no planejamento de Gerenciamento dos Riscos Ocupacionais (GRO) de todas as empresas e, se tratando de trabalho remoto, os principais riscos são os ergonômicos, sejam físicos, organizacionais, cognitivos ou psicossociais.


Portanto, contar com o apoio de uma empresa especializada em saúde e bem-estar corporativo com um time de especialistas em ergonomia facilita, e muito, o processo de implantação e acompanhamento do modelo de trabalho remoto.


A ElevaLife é uma empresa determinada a impactar positivamente os resultados de organizações por meio da melhora da saúde e bem-estar de seus colaboradores.

Saiba mais sobre como podemos te ajudar nesse desafio.

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page