top of page

A ergonomia no trabalho em diferentes setores: escritórios, fábricas e hospitais

Atualizado: 21 de jun. de 2023

Já sabemos que a ergonomia no trabalho é a ciência que estuda as relações entre o ser humano, o ambiente de trabalho e as atividades realizadas.


Ela tem como objetivo principal garantir o conforto, a segurança e o bem-estar dos trabalhadores, além de aumentar a eficiência e a produtividade das atividades realizadas.


A aplicação da ergonomia em diferentes setores, como escritórios, fábricas e hospitais, pode trazer diversos benefícios, como a redução do número de acidentes e lesões, o aumento da produtividade, a melhora na qualidade de vida dos trabalhadores e a melhora na qualidade do atendimento aos clientes ou pacientes.


Neste artigo, vamos explorar como a ergonomia no trabalho pode ser aplicada nestes diferentes setores, e quais os benefícios e retornos financeiros que estes segmentos podem ter com esta aplicação.


A Ergonomia no Trabalho em Escritórios/Ambientes Corporativos

Ergonomia no trabalho em escritórios

Os escritórios são locais onde as pessoas passam a maior parte do tempo sentadas, realizando tarefas que exigem concentração e foco. A ergonomia pode ser aplicada nos escritórios para melhorar o conforto e a eficiência dos trabalhadores.


Existem dados estatísticos que indicam que a ergonomia é um fator importante na prevenção de acidentes e afastamentos relacionados ao trabalho em escritórios. Segundo a Previdência Social do Brasil, em 2019 foram registrados cerca de 181 mil acidentes de trabalho em atividades de escritório, representando cerca de 20% de todos os acidentes de trabalho registrados no país naquele ano.


Entre as principais causas de acidentes e lesões em escritórios estão a má postura, o uso inadequado de equipamentos e mobiliário, a falta de pausas para descanso e a realização de movimentos repetitivos. Esses fatores podem levar a problemas como dores musculares, tendinites, síndrome do túnel do carpo, entre outros.


Além disso, o afastamento do trabalho em decorrência de doenças ocupacionais relacionadas à ergonomia também é uma preocupação em escritórios.


Segundo dados do Ministério da Saúde do Brasil, em 2019 foram registrados cerca de 47 mil afastamentos do trabalho devido a doenças relacionadas à ergonomia, representando cerca de 6% de todos os afastamentos registrados no país naquele ano.


Algumas das soluções ergonômicas que podem ser adotadas nos locais de escritórios:


- A utilização de cadeiras ergonômicas é essencial para evitar problemas de postura e possíveis lesões e desconfortos. Essas cadeiras possuem ajustes que permitem que o trabalhador mantenha uma postura correta, com as costas apoiadas e os pés no chão.


- Além disso, as mesas ajustáveis em altura permitem que o trabalhador possa ajustar a altura da mesa de acordo com sua altura, evitando dores na coluna e no pescoço.


- A iluminação adequada também é fundamental para o conforto dos trabalhadores. É importante que a iluminação seja suficiente e adequada para a atividade que está sendo realizada, evitando fadiga visual e dores de cabeça.


- Outra solução ergonômica que pode ser adotada em escritórios é a disposição adequada dos equipamentos e mobiliário. Os equipamentos devem estar posicionados de forma que o trabalhador não precise fazer esforços desnecessários para alcançá-los.


Além disso, o mobiliário deve ser adequado ao tamanho do espaço e ao tipo de atividade que está sendo realizada.


A Ergonomia no Trabalho em Fábricas

Ergonomia no trabalho em fábricas

As fábricas são locais onde os trabalhadores estão expostos a diversos riscos, como acidentes, lesões musculoesqueléticas e problemas de saúde relacionados ao trabalho.


A aplicação da ergonomia em fábricas pode garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores, reduzindo o risco de lesões e acidentes.


Dados estatísticos mostram que a ergonomia é um fator importante na prevenção de acidentes e afastamentos relacionados ao trabalho em indústrias.


No Brasil, a Previdência Social registrou em 2019 cerca de 570 mil acidentes de trabalho em atividades industriais, representando cerca de 62% de todos os acidentes de trabalho registrados no país naquele ano.


Entre as principais causas de acidentes e lesões em indústrias estão o uso inadequado de equipamentos e ferramentas, a falta de manutenção preventiva em máquinas e equipamentos, o manuseio incorreto de materiais e a realização de movimentos repetitivos. Esses fatores podem levar a problemas como lesões musculoesqueléticas, quedas, cortes, entre outros.


Além disso, o afastamento do trabalho em decorrência de doenças ocupacionais relacionadas à ergonomia também é uma preocupação em indústrias.


Dados do Ministério da Saúde do Brasil indicam que em 2019 foram registrados cerca de 68 mil afastamentos do trabalho devido a doenças relacionadas à ergonomia em atividades industriais, representando cerca de 9% de todos os afastamentos registrados no país naquele ano.


Esses dados mostram a importância da aplicação da ergonomia em ambientes industriais para garantir a saúde e a segurança dos trabalhadores e contribuir para redução do número de acidentes e afastamentos relacionados à ergonomia.


Veja algumas ações de ergonomia:

- O ajuste da altura das bancadas e equipamentos é importante para evitar que o trabalhador precise se curvar ou esticar para realizar suas atividades, o que pode levar a dores musculares e lesões.


- O uso de ferramentas e equipamentos ergonômicos também é fundamental para garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores. Esses equipamentos são projetados para minimizar o esforço físico do trabalhador, reduzindo o risco de lesões e acidentes.


- A organização do espaço de trabalho também é importante para garantir a segurança dos trabalhadores. O espaço deve ser organizado de forma que o fluxo de trabalho seja eficiente e seguro, evitando acidentes e lesões.


- O layout e o fluxo de trabalho devem ser planejados de forma que o trabalhador não precise se movimentar desnecessariamente, reduzindo a fadiga e aumentando a produtividade.


Ergonomia em Hospitais

Ergonomia no trabalho em hospitais

Os hospitais são locais onde os trabalhadores estão expostos a diversos riscos, como acidentes, lesões musculoesqueléticas e problemas de saúde relacionados ao trabalho.


A ergonomia no trabalho em hospitais pode garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores, reduzindo o risco de acidentes e lesões, auxiliando assim a melhora na qualidade do atendimento aos pacientes.


Um estudo realizado em 2018 pela Revista Brasileira de Saúde Ocupacional indicou que a maioria dos trabalhadores de enfermagem em um hospital universitário apresentava dor lombar e cervical, e que esses problemas estavam diretamente relacionados às atividades laborais.


Outra pesquisa, realizada em 2020 por pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina, analisou o perfil dos acidentes de trabalho em um hospital universitário e concluiu que a maioria dos acidentes ocorria durante a movimentação de pacientes e envolviam lesões musculoesqueléticas.



O estudo também destacou a importância da capacitação dos trabalhadores e do uso de equipamentos adequados para reduzir os riscos de acidentes.


Algumas soluções ergonômicas que podem ser adotadas em hospitais incluem:


- A utilização de equipamentos e mobiliário adequados é fundamental para garantir a segurança dos trabalhadores e dos pacientes. Os equipamentos devem ser projetados para minimizar o esforço físico do trabalhador, reduzindo o risco de lesões e acidentes. Além disso, o mobiliário deve ser adequado ao tipo de atividade que está sendo realizada, evitando lesões musculoesqueléticas e fadiga.


- A organização do espaço de trabalho também é importante para garantir a segurança dos trabalhadores e dos pacientes. O espaço deve ser organizado de forma que o fluxo de trabalho seja eficiente e seguro, evitando acidentes e lesões.


- Uso de técnicas de movimentação e transporte de pacientes devem ser adequadas e seguras, evitando lesões musculoesqueléticas e acidentes.


- A capacitação dos trabalhadores é fundamental para garantir a aplicação da ergonomia em hospitais. Os trabalhadores devem ser treinados para utilizar os equipamentos e mobiliário adequados, aplicar as técnicas de movimentação e transporte de pacientes de forma segura e para organizar o espaço de trabalho de forma eficiente e segura.


Conclusão

A ergonomia no trabalho em setores como escritórios, fábricas e hospitais, pode trazer diversos benefícios, como a redução do número de acidentes e lesões, o aumento da produtividade, a melhora na qualidade de vida dos trabalhadores e a melhora na qualidade do atendimento aos clientes ou pacientes.


No setor de escritórios, a aplicação da ergonomia pode melhorar a postura e reduzir a fadiga, evitando lesões musculares e problemas de saúde relacionados ao trabalho. Além disso, a utilização de equipamentos e mobiliário adequados e a organização do espaço de trabalho podem aumentar a produtividade e melhorar a qualidade do trabalho.


Já na indústria/fábricas, a aplicação da ergonomia pode reduzir o número de acidentes e lesões, além de aumentar a produtividade. A utilização de equipamentos e ferramentas ergonômicas e a organização do espaço de trabalho podem minimizar o esforço físico do trabalhador, evitando lesões e fadiga.


Agora em hospitais, a aplicação da ergonomia é fundamental para garantir a segurança dos trabalhadores e dos pacientes, reduzindo o risco de acidentes e lesões.


A utilização de equipamentos e mobiliário adequados, a organização do espaço de trabalho, a capacitação dos trabalhadores e o uso de técnicas de movimentação e transporte de pacientes podem trazer benefícios para a qualidade do atendimento aos pacientes e para a qualidade de vida dos trabalhadores.


Em resumo, a ergonomia é essencial para garantir a saúde e a segurança dos trabalhadores, além de aumentar a produtividade e a qualidade do trabalho. A adoção de medidas ergonômicas deve ser uma preocupação constante em qualquer ambiente de trabalho, visando o bem-estar e a eficiência de todos os envolvidos.


Sobre a ElevaLife

Somos referência ergonomia no trabalho e, nesse momento, nosso modelo de gestão está sendo aplicado em mais de 15 plantas industriais no Brasil!


Entenda como podemos te ajudar a promover mais segurança e qualidade de vida aos seus colaboradores.

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page